sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Toalhinha de Portugal com barrado de square fácil

 Uma toalhinha que comprei numa loja de rua em Lisboa na parte baixa  da cidade.
Esta loja se souvenirs fica exatamente onde era a portaria de um hotel onde já me hospedei numa outra viagem. Não lembro como se chamava o hotel antigamente, atualmente foi restaurado,  mudou de nome e a posição da portaria que agora é na esquina,  mas fica próximo a vários sítios históricos e a cerca de um quarteirão de uma loja de sementes e artigos para jardinagem onde eu sempre faço comprinhas. Esta loja continua lá do mesmo jeito, ainda com uma  maior variedade de produtos, o  que dá o  desejo de  ter um aumento no limite de peso da bagagem e nenhuma barreira sanitária.  No caminho entre o hotel e esta loja havia muitas outras lojas: de roupas, calçados, lembranças, e agora estão  todas fechadas, uma tristeza de se ver. 
O local era muito tranquilo, poucas pessoas nas ruas calçadas e estreitas, tudo muito limpo, dava gosto andar por ali a passeio admirando  a bela arquitetura, se sentando num café com maravilhosos doces enquanto espreitava-se os passantes através da cortina rendada. 
Atualmente o movimento está bem diferente, ruas apinhadas de gente transitando, barulho, vendedores ambulantes, pessoas dormindo nas calçadas ou encostadas nas paredes.  Eu gostava muito mais de como era antes, mas continua tendo seu charme e vale muito a visita. 
Este barrado foi feito com um square muito fácil, que pode ser utilizado para vários tipos de trabalhos. Fiz um vídeo. Ainda não tenho prática de vídeos, não sei editar, por isso a largada e a chegada não tem cortes. Para coisas pequenas dá certo, já para as maiores acho que vou ter que aprender. 
Eu nem queria aprender mais nada, minha memoria ram já está lotada na sua total capacidade, mas acho que vou ter que dar um jeito de deletar arquivos antigos. 

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Porta agulhas com embalagem de anti mofo


Quem já não teve dentro do armário um anti mofo? Mas além de muito caros, eles não duram muito tempo, principalmente aqui onde a umidade é grande. Eu comprava e sempre dava pena jogar a embalagem fora, até que achei uma utilidade prática para um problema que todas nós temos que é onde colocar as agulhas com as quais está se trabalhando no momento. Foi perfeito, parece feito pra isso.
Forrei com pontos baixos em crochê com uma linha matizada e fiz uma espécie de flor ovo frito que vi no pinterest. 
Também não compro mais o anti mofo, muito caro por sinal, porque aprendi a fazer o anti mofo caseiro , tanto usando a própria embalagem quanto utilizando copinhos de iogurte, cloreto de calcio e filtro de café. 
O passo a passo você encontra no blog da Lucy Mizael

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Biquinho de panos de prato

 Um modelinho bem simples de barradinho para panos de prato. Do tipo que rende muito, pra  fazer vários de uma vez.

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

A mamografia não é eficiente para todas as mulheres

Hoje me submeti a uma cirurgia para retirada de um nódulo na mama. Estou aqui para pedir a todas as amigas  pensamento a favor e energia positiva.
Mas não vim aqui só para falar da minha cirurgia,  e sim da mamografia a que todas nós nos submetemos.  Claro que eu faço todos os anos, principalmente porque na minha família tanto materna quanto paterna o índice da doença é muito alto. Achava eu que era o suficiente fazer mamografia, que era 100% garantido, MAS NÃO É.
Segundo o oncologista que me operou,   15% dos nódulos não são visíveis na mamografia.  É um índice muito alto quando se trata de viver ou morrer. Sem  contar os contra indicativos como o  alto índice de radiação na tireoide que pode ser causada pelo  aparelho radiológico.  
Para casos de mulheres com mama densa os nódulos não são visíveis,  então eu pergunto: Porque fazer essa tal de mamografia se ela não é garantia? Por que então não fazer logo a ultrassonografia ou a ressonância magnética, ambas com resultado mais preciso? 

No mesmo dia que eu fiz uma mamografia que deu um resultado perfeitamente normal, inclusive comparativo ao resultado do ano anterior, que também deu normal e agora tenho minhas dúvidas se o problema já não existia, eu fiz nesse dia uma ultrassonografia que constatou o nódulo.   Eu gostaria de ter sabido disso a mais tempo, por isso aconselho vocês a rejeitarem a tal mamografia. Peçam logo ultrassom ou ressonância. 
A peça eu teci inspirada num busco tricotado pela Ludmila.

domingo, 2 de agosto de 2015

Bate mão com detalhe e acabamento em crochê

 Paninhos para secar as mãos na cozinha. Acho tão importantes quanto os panos de prato. 
 Estes são para o novo apartamento do meu filho, em Santos. Fiz aproveitando os paninhos que eu já tinha e linhas matizadas. Anne e Rubi três fios, todas matizadas. Um botão forrado com tecido de algodão para dar o acabamento. 
 Utilizei como base este gráfico abaixo, apenas a parte sinalizada porque a linha era grossa. 

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Cesto para roupa suja

Cesto que eu fiz para colocar a  roupa suja da academia. Impossível misturar com a roupa do outro cesto porque eu suo litros e nem sempre dá para lavar a roupa na hora que chega, e nem eu chego com força ou disposição pra isso. 
Usei um balde vazio de tinta, desses de plástico, pra ficar bem modelado e também por questão de higiene devido ao tipo de uso.  Serviu perfeitamente no tamanho para minha necessidade e para o espaço que eu tinha disponível. 
Cobri com crochê com uma linha antiga que eu tinha da círculo. Sempre  no  aproveitamento de sobras. Se fizesse num tom só acho que ficaria mais bonito mas daí teria que ir pra loja comprar mais linha aos invés de gastar essa, e lá já ia gerar mais sobras. 
O fundo fiz um circulo em pontos altos e as laterais teci circularmente com um ponto parecido com uma trama de cesto. Não sei o nome do ponto.  Abaixo o link do vídeo que eu segui para fazer esse ponto, acho lindo esse trabalho de cestaria feito em trapilho. do site 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Distribuição de revistas no outro blog

Dando continuidade ao projeto de desapego, e também para diminuir a quantidade de coisas a levar na próxima mudança, está em andamento mais uma distribuição gratuita de revistas de artesanato.
Para participar dá uma passadinha no meu outro blog: 
deixa um comentário dizendo qual o lote de revistas que quer e manda um email para
agulhasepinceis@hotmail.com
informando nome completo e endereço para o envio. 
O primeiro comentário com email de endereço recebe o lote escolhido em casa. 
PROMOÇÃO VÁLIDA SOMENTE PARA O BRASIL.
O ALTO CUSTO DOS PORTES  IMPOSSIBILITA O ENVIO PARA OUTROS PAÍSES. INFELIZMENTE. 

sábado, 18 de julho de 2015

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Convite de casamento com detalhe em crochê

Um lindo convite de casamento que minha filha recebeu,  envolto numa toalhinha de crochê. Achei um detalhe muito bonito e romântico essa mistura de crochê com papel estampado. 
Os corações de porcelana foram pintados por mim a mais de uma década. Já não pinto mais porcelana, precisa de uma grande logística e atualmente eu tento descomplicar tudo que posso. O que não posso descomplicar, evito. 

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Almofada decorada para homem

Difícil viu. Não dá para botar florzinhas, fitinhas, enfeitinhos, bordadinhos.
O jeito foi colocar a foto do casal e tecidos com estampas de coisas que ele gosta, tipo jeans, xadrez, gatos e cup cakes. 
Fiz alguns efeitos na foto num programa desses grátis da internet e usei papel transfer para imprimir no tecido. Usei MASTERPRINT, que se encontra em papelarias no tamanho A4. Um processo muito fácil e que oferece muitas possibilidades para personalizar um presente. 
Estou voltando aos poucos ao blog e aos trabalhos. A gente sai de ferias para descansar e volta mais cansada. E pior, querendo sair de férias novamente, principalmente quando as férias foram muito boas e a realidade aqui não melhorou em nada, tudo continua como dantes, ou pior até. 
Passei um mês inteiro sem ver televisão, mais de quinze dias sem sequer ter internet, e depois desses quinze dias conectando  somente para dar e receber notícias da família. Foi um detox virtual. Não vou dizer que não senti falta, principalmente nos primeiros dias, mas sobrevivi.  Recomendo. 
Viajei muito, me diverti bastante, conheci lugares que não conhecia e revi muitos que eu já conhecia mas que vale a pena ir de novo, sempre e sempre. 
Mas agora, pés em terra firme, com muitos projetos e novidades. Aguardem que vai valer a pena.
Para quem me pediu detalhes sobre o papel transfer e como imprimir no tecido, segue abaixo foto da embalagem do produto que eu comprei em uma papelaria e o link de um vídeo no youtube.
como aplicar papel transfer

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Reforma do criado mudo

Mais uma peça de muitos anos, tinha uma patina comum já muito desgastada. Pintei com tinta acrílica de parede. 
A cor mais escura obtive misturando a clara (chocolate branco) com uma escura que sobrou de um outro móvel (uva passa), que postei AQUI.
A parte interna pintei com  branco, é minha cor preferida para o interior dos móveis pois facilita na hora de procurar as coisas dentro.  O acabamento tanto externo quanto interno fiz com cera de carnaúba, dá um brilho discreto e um toque mais acetinado, além de deixar um cheirinho muito gostoso que lembra madeira de lei. 
Sempre que eu pinto as paredes do meu apartamento,  eu guardo as sobras em vidros pois facilita na hora da escolha de cores, além de conservar a tinta por mais tempo pois esses vidros de conservas comuns são hermeticamente fechados,   e para durarem mais tempo é melhor que as tintas não tenham sido diluídas em água. 
As tintas normalmente usadas para pintar paredes são ideais para pintar móveis, caixinhas, cerâmica ou outros objetos de decoração.
Outra dica é usar as bandejas de isopor, daquelas que vem com presunto e queijo para espalhar a tinta no rolo, mas se não tem bandeja forra um pratinho com um saco plastico. Evita sujeira e é prático. 

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Em viagem

Pra quem me perguntou estou em viagem, no momento na ilha Funchal. A vontade é ficar por aqui mesmo mas daqui a uma hora vou partir. Assim que eu chegar ao meu destino de terra firme dou noticias. beijo a todas.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Pintura em armário de madeira

 Não foi nem por passatempo, foi por pura necessidade mesmo. Meu armário da cozinha deu cupim, como toda madeira por aqui, isso não é novidade. O problema é que com uma mudança de cidade  nos planos e com planos de levar só as coisas pessoais, e isso não inclui móveis,  eu não quero comprar armário novo. Lembrei de um bem antigo, cerca de 30 anos, ainda do tempo que eu morava lá nas margens do rio Cochipó em Cuiabá. 
Estava na casa do sítio, que é para onde vão todas as coisas que não queremos mais. Ou temos planos de não querer mais, como aconteceu com este pobre e esquecido que estava lá num canto meio atrás de uma porta. 
Vai servir por mais um tempo, o tempo justo. 
Usei tinta acrílica de parede. Uma lixada para tirar muitos anos de lustra móveis e duas demãos de tinta. Da branca foram três, para cobrir melhor porque o branco sempre é mais difícil em fundo escuro. Gastei litro de cada cor. 
Olhando assim pela foto até que comecei a simpatizar com o antigo "de cerejeira". Na foto ele até que saiu bem. Mas está melhor agora, garanto. E vai ser útil. Bem vindo. 

segunda-feira, 9 de março de 2015

Pano de prato com aplicação de galinhas


Este modelo é ideal para quem faz artesanato para venda. 
Como todas sabem, grandes peças equivalem a pequeno lucro pois o tempo que se leva para confeccionar não é compensado financeiramente. Só o que é grande nesses casos é a decepção. 
Por isso acho que artesanato para venda deve se basear em pequenas peças com belo efeito diferenciado  e custo baixo sem deixar de lado  a qualidade e capricho.  
Para isso é preciso apelar para a criatividade, e isso as artesãs tem muita. 
Este pano de prato é exatamente igual a tantas centenas de outros, exceto pela cor, que é o que chama a atenção.
Para não ter o custo aumentado o ideal é tecer o bico de crochê e só tingir posteriormente, nesse caso um único novelo de linha na cor branca pode ser utilizado para todas as cores de pano.
Sugiro também que o tecido seja próprio para panos de prato que se compra em metro. Sai mais barato do que comprar saco, desmanchar, alvejar etc.etc.etc. Quanto maior o trabalho, mais tempo, mais custo, menos lucro. Sejamos práticas.
Os desenhos devem ser simples, mas que tenham um certo humor. Tem muitas opções na net.  As coisas alegres conquistam mais facilmente. 
Igualmente o barrado, simples e proporcional.
Boas vendas.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Desapego II

Dando continuidade ao meu projeto de desapego, tem distribuição de revistas no meu outro blog. Ao todo 8 lotes com  27 revistas de diversas técnicas de artesanato. Sem sorteio, quem chegar primeiro leva o lote escolhido, é só chegar e fazer um comentário dizendo qual lote deseja.