terça-feira, 30 de julho de 2013

Bolo sem açúcar, sem farinha e sem leite

Para a maioria pode parecer sem graça mas para quem não pode ou não deve comer um bolo convencional, este é um manjar dos deuses.  
Ha muito que eu procurava uma receita. Fiz várias que encontrei pela net mas em nenhuma consegui um resultado satisfatório, que compensasse o trabalho e não colocasse em risco a dieta. Fui juntando alguns ingredientes que me são permitidos e cheguei neste que para mim é uma delícia. Úmido, nutritivo e liberado. Ainda vou tentar substituir a fibra de trigo por PIS (proteína isolada de soja) que é zero carboidrato, mas por enquanto este com a fibra resolve. 
O adoçante é opcional. Fiz sem e fiz com. Gostei mais com,  mas para quem é PIL considere que o adoçante em pó contém lactose e se quiser evitar totalmente então faça sem. A diferença no gosto é mínima. 
As castanhas você pode usar o que costuma ter em casa, pode ser castanha, nozes, pistache, até amendoim se preferir.  Tritura no liquidificador mas não deixa virar farinha, porque no preço que está  é melhor comer e não só saber mas também sentir  que está comendo.  E faz parte da textura e do prazer. 
A xícara é de chá e a colher é de sopa. 
6 bananas sendo 4 bem maduras (tipo meio mole com a casca pintadinha de preto)
4 ovos
1 colher  de margarina
1/4 xic. óleo
1 xic fibra de trigo
1 colher  de adoçante para forno e fogão (opcional)
1 colher de canela em pó
2 colh  de farinha de linhaça
1colher  de semente de chia ou semente de linhaça
2 maças picadas com casca (bem miudinho)
2 bananas picadas (bem miudinho)
1 xic de nozes/castanhas trituradas grosso
1 barra chocolate (22 gr) nestle classic zero (embalagem preta) (zero açúcar e zero lactose)
10 ameixas secas picadas
1 1/2 colher fermento para bolo
Bata no liquidificador as 4 bananas bem maduras, os ovos, a margarina e o óleo. 
Despeje numa tigela e junte todos os ingredientes secos. Misture bem . Coloque em forma untada com margarina e leve ao forno pré aquecido 180 mais ou menos uns 40 minutos. 
 De acordo com uma investigação cientifica japonesa, uma banana completamente madura com marcas negas na pele amarela, produz uma substância chamada TNF(Fator necrose rumores) que tem a capacidade de combater células anormais. Quanto mais manchas negras tiver, maior será sua capacidade de auxiliar o sistema imunológico. Assim sendo, quanto mais madura a banana, mais qualidades anti-cancro terá. Uma banana madura com manchas negras  é 8x mais eficiente em melhorar as propriedades dos glóbulos brancos do que as bananas mais verdes.
Matéria completa aqui.

11 comentários:

Adriana Balreira disse...

Joana,
Que receita boa essa! Conheço várias pessoas que não podem comer nada com lactose e/ou farinha. Boa pedida essa. E fica com uma aparencia ótima mesmo!
Beijos
Adriana

Tell disse...

Parece muito bom, e saudável o que é ainda melhor.
Será util aqui em casa, obrigada.
Bju

Angela de Paula disse...

Parece delicioso...nham nham....

disse...

Pelamor Joana!!! Esse bolo tem tudo que amo!!! fiquei babando aqui! Adoro bolo umido cheio de frutinhas...amei:)) A aparencia é divina!

bjinhos

Algodão Tão Doce disse...

Olá amiga, amei a partilha!!!Sugestão
deliciosa,gosto de receitas de bananas!!!

Um doce abraço, Marie.

Marcia Soares disse...

OLÁ AMIGA JOANA !!! AGRADEÇO A VISITA E SEUS COMENTÁRIO E ADOREI ESTA RECEITA QUE VI AQUI. DEVE FICAR UMA DELÍCIA MESMO. VOU TENTAR FAZER.

GRANDE ABRAÇO

MARCIA

Judy disse...

Que receita formidável!
Deve ficar delicioso, obrigada.
abraço,

Ana Cristina disse...

Nossa que receita boa, vou tentar fazer!

Liduh disse...

Não conhecia essa receita. Agora fiquei com vontade de provar esse bolo, que parece delicioso;)
Beijos!

Teresinha disse...

Querida Joana
Eu ando mesmo distraída!!! Aqui está o bolo que fará a minha delícia, sem me preocupar com o ponteiro da balança!!!
Que bom estar quase aposentada para viajar à vontade! É o que nós temos feito agora... no intervalo de exames, consultas e internamentos no hospital!... Mais novos e saudáveis, fizemos algumas viagens mais arrojadas, como Egito, Grécia, Tunísia, Tailândia, Índia, México, Caraíbas, Timor, Austrália... e agora optámos pelos confortáveis cruzeiros, que nos dão descanso e nos levaram já pelo Mediterrâneo inteiro e até ao Brasil!
Quem sabe ainda faremos uma viagem juntos!
Beijos
Teresinha

Rebeca disse...

Juro que vou fazer, juro que vou fazer, juro que vou fazer... virou mantra até eu fazer! Tô com água na boca e meu marido diabético agradece.

Bjs