sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Mercadão de São Paulo

Passei esta semana em SPaulo, fiz uma visita ao Mercado Municipal que a muito eu desejava conhecer. Tenho verdadeira fascinação por mercados e este não fica devendo nada a nenhum dos que conheço. A arquitetura é linda, os produtos expostos são lindos e produzem um festival de cores e cheiros que encanta. Sem falar na gastronomia. Claro que eu comi o famoso sanduíche de mortadela, não inteiro porque nao aguentei mas provei e adorei. Mas como tudo neste nosso Brasil tem que ser extremo, em contraste com o interior do mercado maravilhoso, o entorno não tem o mesmo aconchego. Acho que por ser um local que atrai tantos turistas e também os habitantes locais que com certeza visitam o mercado, a prefeitura deveria se dedicar em melhorar a região.


São Paulo é surpreendente, há coisas inacreditáveis, como olhar pela janela e dar de cara com um avião a poucos metros. Este que fotografei da janela do hotel sobrevoava o shopping Ibirapuera, rota de aterrissagem, e o tráfego é intenso. Depois do décimo terceiro a gente acostuma.

Na mesma avenida, em meio ao transito intenso, a fumaça e ao barulho, a natureza presenteia quem passa. São os contrastes que fazem o encanto de São Paulo, diferente de tudo e linda.

Também fui na 25 de Março. Eu não conhecia e confesso que fiquei decepcionada. Ouço falar de todas as maravilhas que há lá e o máximo que consegui ver foram falsificações de grifes famosas, comercio de cacarecos chineses e um milhão de cachecóis de lã pompom. Entrei numa única loja que tomava meio quarteirão e tinha uma placa dizendo "armarinho". Pensei que seria o paraíso, mas nunca entrei num lugar tão desconfortável. Teto baixo que quase dava para encostar a cabeça, prateleiras quase coladas umas nas outras, entulhadas de coisas empoeiradas, uma mistura de tudo que nao se conseguia distinguir se era armarinho, loja de eletrônicos ou sei lá o quê com cheiro de incenso misturado com poeira. Deu uma agonia, so queria sair, tentei e trombei com um mar de gente entrando, não sei se ali havia alguma passagem para um lugar arejado e organizado que eu não consegui ver mas aquela gente toda que entrava não cabia lá dentro de jeito nenhum.
Voltei no dia seguinte pois achei que tinha ido ao lugar errado, quis dar mais uma chance para a 25 de Março. Andei por ela, pelas paralelas e ruelas que cruzam. Podem me chamar de doida mas não comprei absolutamente nada. Tudo que levei da 25 de Março foi uma bolha no pé. Na verdade a 25 de Março era desculpa, eu queria mesmo era repetir o sanduíche de mortadela do Bar do Mané no Mercado Municipal.

10 comentários:

Gratissima disse...

Puxa... vc acredita que moro em São Paulo desde sempre e nunca fui ao Mercadão?
Cada coisa, né?
Mas na 25... confesso que já fui muuuuuitas vezes... e gosto bastante...
beijinhos,
Ro

Neusa Artesanatos disse...

OI AMIGA JOANA QUE LINDA POSTAGEM DO MERCADO QUE SAUDADE, DE TD DE SAO PAULO, EU CAMINHAVA MUITO POR AI..SIM A 25 TEM RAZAO JA CAIU BASTANTE ULTIMAMENTE PARECE MAIS UM MERCADO JAPONES COM CRISE MINHA AMIGA QUE CUIDA DA MINHA LOJA DIZ QUE JA FECHOU MUITAS LOJAS BOAS, MASI ESTA SENDO FAZER COMPRAS NO BRAS E TECIDOS NO BRESSER QUE FICA PERTO DE LA ONDE VC FEZ AS BOLHAS NOS PES KKK..NOSSA ACHO QUE VC ANDOU MUITO NE..MAS TEM LUGARES COM LOJAS BONITAS PRA FAZER COMPRAR AINDA MESMO PERTO DA 25 A GENTE QUE MORA LA, SABE QUE DE LUGGARES BOM PRA VER E COMPRAR, TEM UM BAIRRO TD JAPONES SE CHAMA LIBERDADE LA TEM LOJAS LINDAS E ARTES PRONTAS TBEM, TEM O BOM RETIRO ONDE SE COMPRAM ROUPAS DE GRIFES,TEM O BRAS ONDE O ENXOVAL CAMA MESA SAEM EM CONTA E VARIEDADES BOAS, TEM O BRESSER QUE TEM LINDOS TECIDOS, NOSSA ESPERO QUE QDO VC VOLTAR A SAO PAULO POSSA IR CONHECER MAIS LUGARES..MAS O MELHOR MESMO E O PAO COM MORTANDELA NE KKK QUE SAUDADE JA FAZ 6 ANOS QUE NÃO COMO SNIFFFFF...SAUDADES, OBRIGADA AMIGA MATEI A SAUDADE BEIJOSSS BOM DOMINGO NEUSA

Eliana disse...

Joana,concordo totalmente com você,25 de março é propaganda dos comerciantes,agrada quem não tem opção ou conhecimento.Até no comércio de rua da minha cidade,periferia de São Paulo,se encontra coisa melhor.Ah,e o entorno do Mercadão:socorro!Na "maior cidade do país" a grandiosidade é como tudo no país,rodeada pela pobreza.Não tem jeito!Bjs,
Eliana

Ludmila Ciuffi disse...

Você é muito cruel, pois veio à São Paulo e nem me avisou... Como castigo, imagine-se sentada num lugar gostoso com boa conversa, café e bolo de fubá. Pois é, perdeu! Programe-se para a próxima.
Sabe que compartilho com você certa aversão à 25. É camelô demais, gente demais, produto falso demais, lojas demais. Os armarinhos, de tão grandes, não vendem nada de especial, só o comum em grandes quantidades. Dizer que são armarinhos é generosidade minha, pois se tornaram verdadeiros depósitos de quinquilharia barata. Encontra-se de tudo, mas os produtos bons são poucos e difíceis de achar. Comércio popular é assim... Temos de garimpar pepitas.
Da próxima vez que for ao Mercado, prove as comidas árabes, muito boas por lá.

Mara Lucia Bechara disse...

Que pena ,que vc não veio orientada para ir a 25 de março o bom tá escondido!!!Para quem gosta de patch tem o Maluhy,o metropole,o rei dos armarinhos,fernandes....artesanato é por l[á tb,semi -joia é nos predios...tem que ir com gente que conhece....as lojas de rua é povão!!!

Mara Lucia Bechara disse...

Joana,voltei...endosso td que vc falou do entorno do mercadão...nasci praticamente naquela região e acredite já foi pior!!...E a 25 de março...se mudou para o Pari,Brás e outros lugares....as lojas boas de tecido,estão em predios....nas ruas é artigo de camelo e shing ling...kkk...coreanos e chineses invadiram a região,agora tecido para patch é lá,fui a uns 15 dias atrás e fiquei "louca "com a variedade...mas vc tem td razão
bjjsss
meu cachixo

lenalima disse...

kkkkkkk....
eu sempre tive essa impresão.
fui 2 x e nunca mais.
abço!

Denise disse...

Oi amiga, que bom que você gostou do Mercadão, realmente é muito lindo. Agora quanto a 25 concordo com vc, eu batia cartão lá até uns 5 anos atrás agora pago prá não ir. Agora no final do ano então Deus me livre, não vou nem que me paguem. Moro bem longe do Centro de SP, próximo a Interlagos aqui pelo meu bairro ou proximidades encontro tudo o que tem na 25 e não tenho que me cansar tanto, mas quando vir novamente aqui visite o Solo Sagrado em Parelheiros é meio longinho mas vale a pena, parece um pedacinho do paraíso e também vá ao Museu do Ipiranga que é belíssimo,bjs

NAIMARA disse...

eu tambem fui na 25 eu moro em Sao Paulo mas tambem nao encontrei nada de interessante lá e tem lojas ate q boas mas conta-se nos dedos

isabel tiago disse...

Lindas as fotos deste mercado. Tudo com óptimo aspecto.

Isabel Tiago