domingo, 12 de abril de 2009

Rosa de tricô


Eu fiz duas rosas usando pontos diferentes, uma em cordões de trîcô e outra em ponto meia. Eu precisava de duas flores para a conclusão de um trabalho e não gosto de fazer a mesma coisa duas vêzes. Tenho um sério problema de engavetamento de pares de meias, pares de pantufas, pares de luvas, todos na categoria de filho único, porque fiz o primeiro e agora me falta disposição para fazer outro igual. Neste caso burlei porque flores permitem, não são pares.

1 - Colocar 50 pontos na agulha e tecer 8 carreiras, que podem ser em ponto meia ou em cordões de tricô.

2 - Na nona carreira, *5 pontos, dar uma volta inteira com a agulha da mão esquerda, um giro de 180 graus*. Repetir *...*  até o final da carreira.
Décima carreira tecer pegando 2 pontos juntos , ficando 25 pontos na agulha.
Décima primeira carreira, repetir tecendo 2 pontos juntos reduzindo os pontos para 13.
Arrematar e costurar dando o formato da rosa.

14 comentários:

Valéria disse...

Oi Joana,
Fico feliz de ter sido útil. Quando fizer me mostre, ok?
Eu quero agradecer, pois seu blog é muito, muito lindo, e tem dicas e trabalhos lindos.
Um beijo
Valéria

Maria Amélia disse...

Adorei a rosinha. Pena que eu não tenha afinidade com trico. Não me entendo com mais de 1 agulha (risos) bjs

♥Edilene Soares♥ disse...

OLÁ JOANA,NÃO SEI NEM POR ONDE COMEÇA O TRICÔ,MAIS AS FLORES FICARAM MUITO FOFAS.
BJS MIL NO ♥
♥JESUS AMA VC♥

Carla disse...

Joana,

A rosa ficou linda!!Só que ainda não me entendi com as agulhas de tricô, mas ainda vou tentar com calma. Passei para te desejar uma linda semana.

bjs
Carla

Miva disse...

Ola querida amiga Joana!!!!!
Vim agradecer o carinho de sempre.
Parabéns pelos lindos trabalhos.
Desejo uma Feliz Pascoa pra voce e para os seus.
Bjos carinhosos
Miva

Angela disse...

Oi miga, linda mesmo essa rosa né, eu fiz ela, só que menor para um dos meus cachecois, vc deve ter visto, òtima idéia essa sua do pap. Tem tb no youtube um vídeo ensinando como torcer os pontos, pois muitas pessoas tem duvidam rsss. Um beijãooooooooooo

Carla Roberta disse...

Oieeee... Vim retribuir sua visita, e seu cometário tão carinhoso, orbigada de coração!
Em Francês, foi muito chique ;D
Você está arrasando no tricô, ficou perfeita a rosa... Ai amei o colar com os brincos, e a pantufa tudooooo...
Um beijo grande no seu coração, tenha uma linda e abneçoada semana!

Josimar disse...

Olá................
vim fazer uma visitinha, conhecer seus trabalhos e desejar uma semana maravilhosa!!!
A rosa de trico esta linda e adorei a dica do lençol com elastico
Beijos

Eunice Martins disse...

ola amiga que bela essa rosa em tricô adorei,muito obrigada pelo pap esta maravilhoso,beijos.

http.//belguzaranne.blogspot.com disse...

merhabalar

tiane disse...

Oi Joana!
Eu vi a Vitoria fazendo essa rosa no workshop.
Achei ela linda.

Olha, uma das dicas da Vitoria é que ao montar os pontos na agulha, montagem a italiana, deve-se fazer com as duas agulhas juntas, depois é só retirar uma das agulhas e começar a tricotar normalmente, assim a barra fica elástica.
Ao rematar pontos, usar 2 números maiores da agulha que se está trabalhando. (digo dois pois a numeraçao é 5.0, 5.5, 6.0, 6.5 e assim por diante).
Ou seja, se está trabalhando com uma número 5, troque uma delas, a que nao estiver com o ponto e pegue uma número 6. A bainha também ficará elástica. Isso evita que o trabalho se deforme após o uso, já que o restante dará uma cedida. E evita que repuxe na hora de vestir.

Para as laterais, de cachecois ficarem mais bem acabados, basta passar o ultimo ponto sem fazer e na próxima carreira faze-lo normalmente.

Quando trabalhar com fios com efeito, tipo aquelas bolinhas onix, deve-se usar um número maior possível, 10, 11 ou 12.
O fio que fica entre uma bola e outra é praticamente a circunferencia da agulha. Ele quando bem trabalhado fica como se fosse uma base para as bolas, entendeu?
Quando for medir o tamanho da linha para por na agulha, as vezes falta linha e temos que desmanchar, nao é mesmo?
Entao, meça da seguinte maneira, um comprimento da agulha para cada 20 pontos. Quando fizer a pose para montar os pontos, o lado mais comprido do fio deve ficar para fora, assim dará para colocar mais de 20 pontos. Assim nunca irá faltar linha de acordo com o que calculou.

Outra dica, quanto mais trabalhado for o fio, fiapos, bolas, paetes, etc, o ponto do trabalho deve preferencialmente trico avesso e direito. Isso faz com que os detalhes do fio saltem dando mais volume.

Bom, para mim algumas dessas dicas já eram muito conhecidas mas para a maioria das pessoas foi novidade.
Qualquer dúvida é só perguntar.
Um beijo.
Tiane.

Judy disse...

Olá,
Obrigada Joana por suas palavras.
Tenho muito a aprender com vc.
Seus trabalhos são lindos e seu blog fonte de infinitas idéias.
Adorei a rosinha, vou tentar e depois te conto.
Também tenho este problema com peças pares... quase sempre deixo os na solidão.

Um forte abraço,

Judy

Maria Lucia disse...

JOANA, QUERO AGRADECE-LA, GRAÇA AS SUAS EXPLICAÇÕES CONSEGUI FAZER A ROSA DE TRICO, QUE A ALGUM TEMPO VINHA TENTANDO.
SOU PRINCIPIANTE, NO ARTESANATO E AS EXPLICAÇÕES QUE ENCONTRO NA INTERNET TEM ME SIDO GRANDE VALIA.

Sabela disse...

Non entendo comp se fai a volta 2.
Hai algún video onde se poida ver?
Agradecida