sábado, 30 de outubro de 2010

Barrado Borrado

Coisas que acontecem quando a gente não usa material de qualidade. Eu só uso esta linha para fazer bicos em panos de prato, daqueles estampadinhos de 1.99 que vão logo para o alvejante. Mas resolvi não sei porque, fazer o barrado da toalha com esta linha. Foi uma tarde pintando, uma semana para fazer o crochê, porque nessa modalidade sou bem lenta, e quando estava pronta, toda bonitinha, lavei. Quando fui pegar para passsar eis que meu pano estava todo manchado pela linha do barrado. Ma deu uma raiva!!!
Se alguém souber como tirar as manchas por favor me dê a dica.

O ramo copiei na internet, vai ampliado para quem quizer tirar o risco.
O barrado e gráfico da revista Labores del Hogar 605.

17 comentários:

Nilda Biagio disse...

Olá
Que pena,Joana!!!
Infelizmente não sei como resolver isso...espero que alguém saiba como ajudar!!
Bom domingo!!
Bj
Nilda

Las Creaciones de Boricua disse...

Wow!!!!!!! precioso!!!!!!!!

Sibele disse...

Que dó, um trabalho tão lindo desse e borrado. Imagino como foi que vc ficou quando viu isso.Infelizmente tbm não sei como tirar a mancha.
Bjssssssss

Maria Lúcia disse...

Oi
Que fio meliquinha
estragou o seu trabalho.
Eu só sei que quando
for lavar a peça
na primeira vez é
torcer em uma água
com um pouquinho de sal
pra não soltar a tinta.
Mais isso se a peça é de
uma cor só.
Beijos...
Lúcia

Clemilde disse...

Olá Joana!

Muito lindo, tanto a pintura como o barrado, o vermelho deu um destaque lindo.
Bom domingo
Beijos

Vânia disse...

OLá,use agua fervendo coloque a toalha dentro de uma bacia e jogue a agua fervendo deixe de molho e coloque pra secar em cima de um lugar reto não pendure,sempre faço isso e quando for lavar a 1º vez coloque sal,sempre ajuda.Espero ter ajudado ...bjos e bom feriado Vânia.

Josimar disse...

que lindo.....
vc pinta muito bem!
parabéns

bj

Esther Almeida disse...

Encantadora a pintura. E o crochê muito delicado. Parabéns!!
Bjus

Rosani Zelada Rios Bau disse...

Oi Joana, eu não reclamo não! Adoro um inverninho...E concordo contigo, verão o ano inteiro é duro de aguentar. Pra mim, os meses que são quentes aqui já são muitos.kkk
Com certeza avisarei se tiver algum encontro em janeiro, mas se não tiver vamos marcar de nos encontrar. Vou adorar.
Bjs
Rosani

Ludmila Ciuffi disse...

Que bom que você já recebeu resposta para sua pergunta... O melhor a fazer é jogar fora a linha ruim e reclamar para o fabricante. Se ninguém comprar, para quem ele vai vender?
Que carência que a gente tem de material de qualidade, não é mesmo? Já vi blogs de repercussão por aí fazendo verdadeira campanha contra alguns fabricantes... Eu endosso. Empregamos nosso talento, tempo e dinheiro à toa? Esses senhores fabricantes dessas linhas pagam fortunas para se hospedarem em charmosíssimos hotéis divinamente decorados com os panos que alguém se empenhou em produzir... Há valor nisso, o crochê gera riqueza e a pessoa que o faz precisa ter seu trabalho reconhecido. Sabe que visitei um hotel em Diamantina que dava dó. O lugar era lindíssimo, no alto da serra de onde se tinha uma visão privilegiada da cidade. Contudo, era só parede nua, cama, colchão e o lençol mais fulerinho possível. Parecia um monastério de tão seco. Se eles investissem nos "mimos" delicados que a gente sabe fazer, tenho certeza que, no mínimo, o proprietário da pousada conseguiria fidelizar seus clientes, pois o lugar tinha potencial. E garanto que muita gente da comunidade teria o que fazer...

Flavia Renata disse...

Parabens pelo trabalho esta lindo,
apesar do acidente...

Dina disse...

Olá
Que pena ! Estava tão lindo! Dá um desanimo enorme ! Nunca me aconteceu ...mas vou ter cuidado com as linhas de pouca qualidade ..
bjs

Faniquito disse...

Nossa, não creio !!!!

Menina, vim toda contente brincar contigo e agradecer a sua presença lá na festa. Eu vi tu dançando e se acabando na música do seu Jorge ...NEM. hehehe

Mas fiquei "passada" com o que vi.Confesso que amei o título do post. hehehe

Será- nunca testei, mas me ocorreu agora- que se vc tirar essa linha meleca (desmanchar o barrado:) e aí colocar em toda a volta do pano um alvejante com água e deixar um pouco no sol ...será que não sai ?!? Aí, depois vc faz o barrado com uma linha da hora, né !!!

Pode ser que dê certo...sei lá.

Beijinhos


Ana

Ludmila Ciuffi disse...

Olá, Joana, conhece alguma receita em tricô de luva com dedinhos cortados e capinha? Só encontro em inglês, mas meu talento não chega a tanto... Eles a chamam de convertible mittens.

Augusta disse...

Olá Joana.
O trabalho está lindo.Eu faço muito croché de todas as cores e não me aconteceu nada.Nunca tive uma reclamação.Vou lhe dar uma receita para ver se resulta.
Compre numa drogaria PERBURATO DE SÓDIO,que se usa para branquear a roupa.Põe água a ferver e derreta o máximo de perburato possível. deixe arrefecer um pouco e ponha o trabalho.Deixe uns 30 minutos e vá vendo se está a sair,se não deixe ficar mais tempo. O perburato não estraga as cores.
Espero que resulte. Depois diga alguma coisa.
Boa semana
Mil beijos

Daniella Mercês disse...

Boa tarde Joana!
Que pena que isso aconteceu com o seu trabalho...morro de medo disso quando estou fazendo algum trabalho usando cores fortes...voceê deveria fazer uma campanha alertando as outras amigas concheteiras quando esta linha de péssima qualidade.
Espero que alguma dica acima tenha dado resultado.
Uma semana abençoada e produtiva, bjs!

Rita disse...

Oi Joana!
Seus trabalhos são simplesmente L-I-N-D-O-S!!!
Sou iniciante na arte dos pincéis em tecidos e por isso vc já é uma inspiração para mim! Obrigada!
Seguinte, isso acontecia com as blusas do colégio do meu filho, que eram de malha e tinham o acabamento em outro tecido, que desbotava.
Lave a peça de novo à mão e coloque sal e um pouquinho de vinagre na última água. Não sei se vai funcionar da mesma forma na linha, que é algodão, mas na camisa do filhote resolvia. Essa receita é da vovó... ;)
Beijos!