segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Iniciando a viagem

Serras, montanhas nevoadas, mata verde, chalés, friozinho, café quentinho e biscoito. O inicio não foi uma viagem, foi um pic nic.
A estrada é muito boa e linda e o intenso movimento de caminhões não atrapalha em nada. Mas nada de feirinhas na beira da estrada.
Antigamente quando eu morava no sul e centro sul, na beira da estrada havia de tudo. Pinhão cozido, milho assado, galinha caipira, linguiça, queijo e frutas da época. Sem contar o artesanato que tinha muito também.
Agora só tem aqueles postos de redes, verdadeiros shoppings centers cheios de quinquilharias da china. A comida pasteurizada e os doces industrializados, tudo com gosto de isopor, um nojo.
Depois de chegar a SPaulo, e como todo matuto pegar a marginal para o sentido contrário, tomamos o rumo certo para Campos do Jordão que era destino para o primeiro pernoite. Entre SPaulo e São Jose do Campos, com a fome batendo no meio da canela, o jeito foi comer num posto daqueles, do tipo shopping center. Só tinha frituras e coisas com leite, queijo e outros derivados. Já que tinha que ser então apelei. Comi uma barrinha de veneno disfarçada de doce de leite. Eita arrependimento. Castigo de guloso é passar mal. Nem curti Campos do Jordão a noite. Não comi fondue. Meu marido me arrastando morro abaixo e morro acima querendo me mostrar a cidade que ele já conhecia e eu não, e eu só querendo morrer. O cheiro de queijo derretido entrando pelas narinas, dando a volta por todo meu interior e querendo sair pela porta de entrada. No meio do delírio tomei a decisão de voltar a SPaulo no dia seguinte e seguir no primeiro avião de volta para casa. Já que tinha que morrer que fosse em casa.

12 comentários:

Josimar disse...

Que legal!
Apesar dos contratempos as lembranças boas ficaram para sempre na sua mente e coração!
Boa viagem
bjo

Maria Lúcia disse...

Oi
Quando a gente viaja leva
tudo de casa bem caipira
mesmo.
Não da pra comer essas melecas.
Adorando a sua jornada,
ainda bem que tá tudo bem
com voceis.
Beijos...
Lúcia.

Teresa disse...

Joana!
até nessa situação você acaba sendo cómica, amiga espero que já estejas bem.
bjos no coração,
Teresa Grazioli

Ana Rodrigues disse...

Olá!
E eu que já me estava a preparar p/ curtir a viagem contigo...
Maldita barra... ñ apreciaste a jornada...
Passo bem mal nas viagens de barco... ñ por causa da comida... mas aquele balançar... o meu estômago se revolta... acaba por sair tudo e mais alguma coisa... e fico de ressaca... mas quando vem outra oportunidade... aí vou eu!
Bem espero que estejas bem melhor!
E que um dia te aventures a fazer o caminho todo... mas promete que levas lancheira... tá?
Bjs c/ tudo de bom

Nélia disse...

Olá Joana!

Boa viagem!
é muito interessante ir seguindo a sua viagem com toda a sua visão do mundo...principalmente da comida...
Vou ficando por aqui...
bjs
Nélia

Sonia disse...

Numa viagem longa a aventura é grande..... em todos os aspectos, inclusive comida.
bjs
Sônia

Faniquito disse...

Oii amiga !!!

Ai ai desculpe (sei que vc passou mal:), mas tô rindo muito com seu relato.adoreiii...fiquei aqui só imaginando.

Qto a pegar o sentido errado, eu sou o maior exemplo disso...tanto que estou "proibida" de sair sózinha dos limites da minha cidade.:)A última saída foi punk.

O bom é que vc conseguiu resolver tudo e ...há está em casa.Oh delícia.

Uma linda e abençoada semana prá vcs

Beijinhos

Ana

Paulinhaa disse...

Serra isso literalmente acaba com a minha cabeça viu asuahsashahsua
fui para curitiba alem de vooltar com uma gripizinha chego na serra parecia que minha cabeça ia explodir por causa da pressao foi horrivel,mais agora melhorei ainda bemm..
espero que tenha sido otima sua viagem..beiiiijos e ate mais

KIKA ROSA disse...

Apesar dos contratempos achei sua narrativa hilária, não pude deixar de rir do finalzinho que vc escreveu.
Ainda 'bem' que termimou 'bem'.
Bjokimhas da Kika

Teresinha disse...

Amiga
Agora que já passou... digo que este excerto é de muito boa qualidade literária!
Você deve ser divertida!!!
Acabou por descrever as peripécias com muita graça! Gostei!
Parabéns!
Continue escrevendo e fazendo trabalhos lindos.
Virei visitá-la mais vezes.
Beijos.
Teresinha

Condessa Ene disse...

Texto divertidissimamente dramático.
:D
Lendo-o também fiquei com o estômago embrulhado e imaginando o cheiro do queijo derretido do fondue.
:D
Ainda bem que chegaste sã e salva.
Abraço

Tere disse...

OI Joana!!!


Apesar das frituras com certeza aproveitou muiiiiiito a viagem, imagino vc no meio dos artesanatos regionais quanta diversão.Fico muito agradecida por ter votado no Bendy e pode ainda votar a cada 24hrs.Tenha uma bela semana e deixe a preguiça de lado e mãos a obra amiga.
Bjs...