domingo, 20 de maio de 2012

Capa de crochê nos bancos dos ônibus




Na cidade de Vantaa na Finlândia, obra da artista plástica   Virpi Vesanen-Laukkanen em 2008.
O objetivo do projeto batizado de Lace Bus, era inserir cor e alegria na rotina dos usuários de transporte público. Com certeza o objetivo foi alcançado, tanto que em 2011 ela repetiu a dose, desta vez com capinhas em tecido, no estilo patchwork

10 comentários:

Wal disse...

Olá Joana,Saudade! Amei a ideia da artista e agradeço a você por ter descoberto essa maravilha e ter
compartilhado.Mais uma vez obrigada.
Um grande abraço Wal

Faniquito disse...

É, pois é....se fosse aqui em menos de uma semana iria estar tudo rasgado, detonado.Bela idéia, eu queria viajar nesse bus, na boa !!! hehehe


Linda semana

Beijinhos

Ana

Káthia Marchand disse...

Oie Joana!!!

Gente!

E eu pensei que já tinha visto de tudo!
hahahahahaha ...

Gostei muito da ideia!
Agora, será que os homens achariam uma boa essa arte nos ônibus?
São tão machistas!!!!

Um beijo enorme amore!

**Lih** disse...

Olá,

Que lindo, mas da até dó de sentar gente!

Boa semana!

Beijos!

Deia Klier disse...

Oi, Joana! Que genial essa ideia! Achei incrível! Certamente deixa as infindáveis horas de viagem, muito mais divertidas!

Bjs

eleni_tzeni disse...

ΠΟΛΥ ΩΡΑΙΟ !!!!!!BRAVO!!!!!!!!

disse...

Que ideia legal! Mas o jeito é copiar pra nossa casa rss

bjinhos

Gabriela... disse...

O que me ri! Ideia mais maluca e mais gira!

Beijo enorme,
Gaby

Yannelitta disse...

gracias por tu comentario, yo quiero viajar en ese bus jiji

Clemilde disse...

Que coisa mais linda este ônibus, quero dizer as capas.
Você falou das lãs em BAires, estive lá em 2009 e fiquei na Rua Florida. Agora minhas filhas moram em Rosário.
Trouxe linha para bordar uns panos, esqueci duas cores. Tivemos que andar vários quarteirões para encontrar. É uma cidade grande, mas pelo que percebi patchwork e bordado não é o forte do artesanato.
Quanto ao frio nem em São Paulo o frio é por muito tempo, lembro que nos anos 80 usava e vendia muita blusa de lã, agora dá pra contar os dias que usamos.
Beijos